Estudantes da USP ocupam prédio em protesto por mais moradias

R7 Notícias
18/03/2010, 09h10

Estudantes da USP ocupam prédio em protesto por mais moradias

Até o momento, a universidade não se pronunciou sobre o caso

Os moradores do Crusp (Conjunto Residencial da Universidade de São Paulo) decidiram, na noite desta quarta-feira (17), ocupar o prédio da Coseas (Coordenadoria de Assistência Social da USP), em protesto por melhorias nas moradias da universidade.

De acordo com estudantes, cerca de 60 pessoas estão dentro do prédio na manhã desta quinta-feira (18).

Os alunos afirmam que todos os anos faltam vagas no conjunto residencial, que atende, prioritariamente, universitários de baixa renda.

Segundo os estudantes, um novo bloco de apartamentos deveria ter ficado pronto no início de 2009, mas ainda não foi concluído.

Uma das moradoras do Crusp, Maria de Lourdes, afirma que já foram identificadas irregularidades nas concessões de moradias e bolsas, mas nenhuma revisão foi feita.

A Coseas é acusada ainda de fazer relatórios sobre a vida e o comportamento dos moradores, em vez de investir recursos nas melhorias do local.

Até a publicação deste texto, a reitoria da universidade havia se pronunciado sobre o assunto.

VER

Add a New Comment
or Sign in as Wikidot user
(will not be published)
- +
r7
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License