Moção de Apoio dos Estudantes da UNESP/Marília

UNESP/Marília
06/04/2010

Moção de Apoio dos Estudantes da UNESP/Marília

Nós, estudantes da UNESP/Marília, ocupados juntos aos moradores do CRUSP, vimos por meio dessa manifestar nosso apoio frente as repressões sofridas pelos moradores e causadas pelo COSEAS. Entendemos como legitima a atitude de ocupação e retomada do prédio do COSEAS, pois é inadmissível que estudantes tenham que sofrer interferências em suas vidas de forma brutal, ilegal e coerciva que atingem sua privacidade. Atitudes como estas remetem a um período histórico ditatorial, o qual os atuais dirigentes burocratas viveram e dele fazem sua reprodução nos dias de hoje. Sabemos historicamente como o estudante oriundo da classe trabalhadora é subjugado e oprimido no processo de entrada na Universidade, o Vestibular (filtro social), e posteriormente com as ineficazes medidas de permanência estudantil que demonstram o caráter antagônico em que uma classe domina politica, econômica e espiritualmente.

O CRUSP é um local onde a vivência estudantil deve ser rica e oferecer um campo de possibilidades para o crescimento pessoal de forma ampla, abarcando todas as necessidades básicas humanas (comer e beber não são as únicas necessidades humanas, já que ser humano é ser social). Quando a vida universitária é impedida de se desenvolver em sua efetividade substancial temos exatamente o surgimento de seres anti-sociais, infelizes, que só querem levantar muros limitantes em volta daqueles que podem e desejam crescer livremente.

“Quem não se movimenta não sente os grilhões que o prendem.”
(Rosa Luxemburgo)

Toda Força ao Movimento de Ocupação dos Estudantes do CRUSP!

André (Filosofia - UNESP/Marília)
Rodrigo (Ciências Sociais - UNESP/Marília)

São Paulo, 06 de Abril de 2010

Add a New Comment
or Sign in as Wikidot user
(will not be published)
- +
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License